Passagem da bíblia:Numa ocasião, o apóstolo João disse a Jesus: "Mestre, vimos certo homem expulsar demônios (espíritos) pelo uso de teu nome, e tentamos impedi-lo, porque não nos acompanhava." Este homem, evidentemente, era bem sucedido em expulsar demônios (espíritos inferiores), porque Jesus disse: "Ninguém há que faça uma obra poderosa à base do meu nome que logo possa injuriar-me." Portanto, Jesus ordenou que não tentassem impedi-lo, "pois quem não é contra nós, é por nós". (Mc. 9:38-40. Entre Jesus e as religiões eu fico com Jesus.

1.2.08

MEDIUNIDADE

O QUE É Mediunidade?
É a faculdade humana, pela qual se estabelecem as relações entre homens e espíritos.

A mediunidade é uma facudade natural, inerente a todo ser humano, por isso não é privilégio de ninguém, em diferentes graus todos a possuímos.

A mediunidade é, pois, a faculdade natural que permite sentir e transmitir a influência dos Espíritos, ensejando o intercâmbio, a comunicação, entre o mundo físico e espiritual.

A mediunidade é uma sintonia entre os encarnados e os desencarnados, permitindo uma percepção de pensamentos, vontades, sentimentos de um ser desencarnado


FINALIDADE
A mediunidade é, antes de tudo, uma oportunidade de servir, benção de Deus, que faculta manter o contato com a vida espiritual.

Graças ao intercâmbio podemos ter aqui, não apenas a certeza da sobrevivência da vida após a morte, mas também o equilíbrio para resgatarmos com proficiência os débitos adquiridos nas encarnações anteriores

É graças à Mediunidade que o homem tem a antevisão do seu futuro espiritual, e, ao mesmo tempo, o relato daqueles que o precederam na viagem de volta à Erraticidade, trazendo-lhe informes de segurança, diretrizes de equilíbrio e a oportunidade de refazer o caminho pelas lições que ele absorve do contato mantido com os desencarnados.

Assim, a Mediunidade tem uma finalidade de alta importância, porque é graças a ela que o homem se conscientiza das suas responsabilidades de Espírito imortal.


QUEM POSSUI
A mediunidade sendo inerente ao ser humano pode aparecer em qualquer pessoa, independente da doutrina religiosa que abrace, história revela grandes médiuns em todas as épocas e em todos os credos.
A mediunidade, não depende de lugar, idade, sexo, condição social, moral ou filiação religiosa.


MEDIUNIDADE - PROCESSO CÍCLICO
Geralmente seu desenvolvimento é cíclico, ou seja, processa-se por etapas sucessivas, em forma de espiral.


PRIMEIRO CICLO - 0 a 12 ANOS
As crianças a possuem, por assim dizer, à flor da pele, mas resguardada pela influência benéfica e controladora dos espíritos protetores, que as religiões chamam de anjos da guarda.

Nessa fase infantil as manifestações mediúnicas são mais de caráter anímico; a criança projeta a sua ama nas coisas e nos seres que a rodeiam, recebem as intuições orientadoras dos seus protetores, às vezes vêem e denunciam a presença de espíritos e não raro transmitem avisos e recados dos espíritos aos familiares, de maneira positiva e indireta.

Quando passam dos sete ou oito anos integram-se melhor no condicionamento da vida terrena, desligando-se progressivamente das relações espirituais e dando mais importância às relações humanas.

O espírito se ajusta no seu escafandro para enfrentar os problemas do mundo. Fecha-se o primeiro ciclo mediúnico, para a seguir abrir-se o segundo.



NÃO É ACONSELHÁVEL DESENVOLVER MEDIUNIDADE NAS CRIANÇAS

Não é aconselhável o exercício da mediunidade em crianças, porque:
1. O organismo, débil e em formação, pode sofrer grandes abalos;

2. A imaginação está em grande atividade e pode sofrer sobreexcitação;

3. Não tem discernimento suficiente para lidar com os espíritos.

Às vezes, as manifestações mediúnicas que a criança apresenta são por causa das perturbações no ambiente do lar. Neste caso, o recomendável é atendê-la com passes, para eliminar as manifestações, e se orientar o comportamento dos familiares adultos, para que as tensões espirituais não mais reflitam na criança.

Se a manifestação mediúnica na criança for espontânea e equilibrada, aceitar com naturalidade os fenômenos mas sem estimulá-los nem querer colocar a criança em verdadeiro trabalho mediúnico.

Convém, entretanto, encaminhá-la para a evangelização e conhecimento doutrinário adequado à sua idade, a fim de que, no futuro, esteja preparada para entender sua faculdade e empregá-la bem.


SEGUNDO CICLO - 13 a 18 ANOS
É geralmente na adolescência, a partir dos doze ou treze anos, que se inicia o segundo ciclo.

No primeiro ciclo só se deve intervir no processo mediúnico com preces e passes, para abrandar as excitações naturais da criança.

Na adolescência o seu corpo já amadureceu o suficiente para que as manifestações mediúnicas se tornem mais intensas e positivas. É tempo de encaminhá-la com informações mais precisas sobre o problema mediúnico.

Não se deve tentar o seu desenvolvimento em sessões. O passe, a prece, as reuniões para estudo doutrinário são os meios de auxiliar o processo sem forçá-lo, dando-lhe a orientação necessária.

A adolescência é a hora das atividades lúdicas, dos jogos, e esportes, do estudo e aquisição dos conhecimentos em gerais, da integração mais completa na realidade terrena.

Não se dever forçá-los, mas estimulá-los no tocante aos ensinos espirituais. Sua mente se abre para o contato mais profundo e constante com a vida do mundo.

Os exemplos dos familiares influem mais em suas opções do que os ensinos e as exortações orais.


TERCEIRO CICLO - APÓS OS 18 ANOS
O terceiro ciclo ocorre geralmente na passagem da adolescência para a juventude, entre dezoito e vinte e cinco anos. É o tempo, nessa fase, dos estudos sérios.

Na questão da mediunidade, se até esta fase não se definiu devidamente não se deve ter preocupações. Há processos que demoram até a proximidade dos 30 anos, da maturidade corporal, para a verdadeira eclosão da mediunidade.


Pergunta - 459 DO LIVRO DOS ESPÍRITOS

2 comentários:

  1. Sou espírita há mais de 20 anos, por 08 anos frequentei reuniões de estudos do evangelho segundo o espiritismo, levava pessoas com necessidades de tratamentos para desobseção, atuava como voluntária em um orfanato que o centro assistia, mas não me achava médium, apesar das fortes intuições que recebia desde criança e com as quais me habituei.Nunca estudava o tema mediunidade e confesso tinha certo receio ou mesmo preconceito sobre o tema. Acho que era medo mesmo....
    Fiquei 12 anos sem frequentar nenhum centro de estudos, porque mudei minha residência para outro estado e não me adaptei em nenhum dos centros que tentei frequentar, a partir disso apenas buscávamos praticar os ensinamentos da doutrina no nosso dia a dia.
    Há 4 anos retornamos p/ estado de São Paulo e há 2,5 anos encontramos um centro no qual nos adaptamos muito bem, toda a minha família frequenta o centro - eu, meu marido e meus 2 filhos.Desenvolvi a mediunidade hoje coordeno a área de evangelização infantil - na verdade de 1 a 17 anos aulas que meus filhos de 14 e 7 anos também frequentam. O que me surpreende é que nesses 2,5 anos que me dedico ao trabalho na mediunidade vários tipos de mediunidade se manifestaram, como psicofonia - muitas mensagens faladas, o que antes eram intuições hoje vem muito fortes como inspirações e até mesmo visões e sensações. Trabalho bastante em sonhos e confesso que me sinto muito feliz sendo útil no trabalho da espiritualidade. É claro que ser um trabalhador da espiritualidade não nos brinda dos problemas, mas a nossa visão diante deles muda bastante, no momento que entendemos que eles são aprendizados e não castigo, que não podemos nos prender na culpa quando erramos e sim buscar reparar os erros com ações mais assertivas. Para mim foi surpreendente me tronar médium ativa.
    ZAP - Paulinia - centro Morada de Deus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá minha irmã, que Deus ilumine todos os seus servidores.
      Fico feliz pelo trabalho que presta, acredito que não esta só, os espíritos superiores estão a sua volta.
      Nada acontece por acaso, deixe as coisas acontecerem naturalmente, o que é natural vem de Deus.
      O espiritismo não ensina acumular tesouros na terra mas sim no mundo espiritual.
      Conheça o seu Mentor que te ajudará em todas as horas.
      Um abraço e que Deus lhe de os instrumentos necessários para completar a sua missão.

      Excluir

Deixe seu comentário ou perguntas é muito importante para nós.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

ASSISTA A TV MUNDO MAIOR aqui dia e noite.

Watch live streaming video from redemundomaior at livestream.com
A maior riqueza do ser humano esta no conhecimento. Para isso temos o livre arbítrio que Deus nos deu. O ser humano evoluiu materialmente ( morávamos em cavernas ), mas não espiritualmente. Convido a todos para assistirem a "TV MUNDO MAIOR" aqui no "ESPIRITISMO PARA TODOS", a programação é de grande valor para a nossa evolução espiritual, os programas são espíritas, 24 horas de mensagens da melhor qualidade. O conhecimento não é pecado, pecar é não utilizar o livre arbítrio que Deus nos deu.

Leia outros artigos interessantes: artigos

Espiritismo, ligação com o SER MAIOR.


O Espiritismo respeita todas as religiões e doutrinas, valoriza todos os esforços para a prática do bem e trabalha pela confraternização e pela paz entre todos os povos e entre todos os homens, independentemente de sua raça, cor, nacionalidade, crença, nível cultural ou social. Reconhece, ainda, que “o verdadeiro homem de bem é o que cumpre a lei de justiça, de amor e de caridade, na sua maior pureza”. Conheça o Espiritismo começando a ler "O LIVRO DOS ESPÍRITOS".

Dicas e agradecimento

Nossa dica de filme sobre reencarnação, "Minha vida na outra vida" pela primeira vez na história, um filme retrata, com fidelidade, lógica e respeito, a reencarnação, tema de interesse de milhões de pessoas em todo o mundo, obrigado pela visita, volte sempre e que Deus ilumine o caminho de todos.

Tadeu.